O QUE FAZER
CULTURA
Esposende possui uma grandeza patrimonial e paisagística ímpar, que se revela na arquitectura dos lugares e nos usos e costumes tradicionais, palco e cenário para uma riquíssima e intensa vida cultural, assente principalmente nas povoações de Forjães, Apúlia, Fão e Esposende, onde espectáculos teatrais, musicais e etnográficos rivalizam com mostras gastronómicas e exposições, proporcionados por diversas colectividades locais e pelo Museu Municipal, em Esposende.

À característica única das suas comunidades agro-piscatórias do litoral, somam-se as comunidades rurais do interior, fortemente influenciadas pelo gosto brasileiro dos ricos “torna-viagem”, que nas primeiras décadas do séc. XX trouxeram notáveis residências a ombrearem em esplendor com os “chalets” em estilo Arte Nova dos veraneantes.

Destino de férias, lazer e descanso de poetas, escritores, jornalistas, músicos, arquitectos, escultores e pintores, imortalizaram-no na sua obra e arte, onde os monumentos e as paisagens são os principais protagonistas.

O Solar de Pregais, uma quinta agrícola do séc. XVII, em Forjães, a Casa de Belinho, do poeta António Correia de Oliveira, em Belinho, a Igreja Velha, onde se iniciou o original Banho Santo, uma das mais importantes romarias da península Ibérica ligadas aos benefícios da água do mar, em S. Bartolomeu de Mar, a Capela dos Mareantes, com o seu genuíno tecto dos apóstolos, abóbada esculpida em talha policroma, na Igreja da Misericórdia em Esposende, o Forte de S. João Baptista, fortificação do séc. XVII, de traço Vauban na margem norte da foz do rio, onde actualmente se aloja o Farol de Esposende, o Facho da Bonança, pequeno fortim de atalaia, tão importante na defesa da costa durante as Invasões Francesas e as Lutas Liberais, em Fão, e a Capela da Senhora da Bonança, Virgem padroeira e protectora dos pescadores, que desde o mar da Afurada à vizinha Galiza aqui se refugiavam e pediam graças até meados do séc. XX, também em Fão, destacam-se nos sítios de interesse patrimonial a visitar.

O Atelier-Museu do pintor Henrique Medina, no lugar de Góios, Marinhas, o Centro Cultural de Forjães, com os seus painéis de azulejo assinados por Jorge Colaço, edifício que foi uma Escola Primária, hoje reabilitado para diversas funções, com destaque para o Pólo de leitura da Biblioteca Municipal e para a Ludoteca Municipal, a própria Biblioteca Municipal Manuel de Boaventura, em Esposende, a par do Museu Municipal, são alguns dos locais a não perder também numa visita ao concelho.

Visitar em Esposende

 "Esposende um privilégio da natureza" é uma marca registada da Câmara Municipal de Esposende.
Conteúdos do site www.esposende.com.pt © 2005 Contacto Visual Lda - www.contactovisual.pt
Para informações sobre este site ou o seu conteúdo, contacte-nos: email: info@contactovisual.pt ou por telefone: 253 966 185